Seu corpo é perfeito: você não precisa de conserto!

Atualizado: 3 de mai. de 2021

Ao longo dos anos aprendemos que precisamos nos consertar, que sempre há algo a ser "melhorado" em nosso corpo. Apesar disso, eu gostaria de dizer que: o que você vê no espelho não é alguém que precisa de conserto, porque a grande questão é que os padrões de beleza mudam e junto deles uma indústria se movimenta.

Em outras palavras, a partir de pressões externas aprendemos a nos desrespeitar em busca de um ideal de beleza. É como se a insatisfação fosse, portanto, uma norma.

A prova disso: mesmo estando em meio a uma pandemia, um dos tópicos mais movimentados é … O corpo feminino... que dizem que “deve ficar em forma”, com uma das tantas dietas disponíveis nas diversas mídias e claro, com muito exercício físico, para "dar um jeito" nos quilos que foram ganhados por estar em casa.


E o que acontece?


Naturalmente o julgamento e a projeção de como deveríamos ser. E a palavra deveria é exatamente o que cabe aqui, porque apesar de termos uma cultura que tenta nos padronizar, não precisamos ser iguais a ninguém!

Você não é frágil, muito menos quebrada para precisar se consertar. Portanto, o que você vê no espelho, a sua imagem, mostra o seu corpo, e cada corpo tem uma história!


Quantas histórias seu corpo te permitiu vivenciar? 


O corpo é nosso templo. A saúde é muito mais do que um número marcado na balança: como sentimos o corpo, a mente e o espírito contam muito mais!

Então, estamos falando em aceitação, mas isso não significa que é preciso ter 100% de satisfação e não se pode querer mudar. A ideia é que se possa fazer movimentos de mudança para melhora do bem estar como uma escolha pessoal, e que seja por amor, não por punição ou julgamento.

Quando há aceitação do momento em que se está, é viável  avaliar e trazer para consciência o que precisa ser feito, por se valorizar, querer se cuidar de forma íntegra e respeitar o próprio corpo e sua história, independente de modelos ou padrões externos. 

O corpo existe para experienciarmos a vida, então sejamos gratos por isso! 


Respeito ao corpo: 


É possível:

  • Primeiro: se alimentar bem mesmo sem estar de dieta e se exercitar por saúde, mesmo sem ser magro ou “fitness”

  • Segundo: valorizar sua saúde independente do seu peso e respeitar seu corpo a partir do respeito por sua história

E não é preciso:

  • Perder peso para cuidar de você

  • Gostar de todas as partes do seu corpo para poder se amar como um ser inteiro

  • Seguir padrões externos para querer mudar

  • Fazer projeções de acordo com padrões alheios para ter seus sonhos, que só importam a você!

Para resumir tudo que foi dito, deixo a reflexão:

Se alguém te fizesse a pergunta – você considera que tem um corpo perfeito? O que você responderia?


“Para tentar entender alguma coisa, costuma ser mais eficaz deixar de lado suas ideias preconcebidas sobre o assunto e observá-lo em silêncio, de modo que o objeto examinado possa revelar o que deve ser compreendido…”

(Haemin Sunin – Livro: As coisas que você só vê quando desacelera)



#corpo #vivências #histórias

17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo